“As prioridades de Jesus”, segundo Sean O’Malley, serão úteis e salvadoras na hora da opção. A opção pelas prioridades durante as nossas férias.
No livro “Procura-se amigos e lavadores de pés”, nas págs. 71 ss, enumera-se desta forma o modo de Jesus estabelecer prioridades aquando da sua vida pública:
1. Atenção aos doentes, marginalizados, pecadores;
2. Anúncio do Evangelho da bondade;
3. Reuniões, encontros, diálogos;
4. Oração;
5. Encontro com amigos até nos milagres.
Este cuidar de Jesus conduz à graça da unidade pessoal e familiar. Cuidemos do fermento para levedar a massa. Por vezes as diferentes ideologias levam-nos a pensar que a massa e o fermento são iguais. O
Cristianismo é o fermento na massa. O consumismo e as nossas prioridades podem seguir o caminho da massa e não do fermento.
Saudáveis opções e evangélicas prioridades para “mantermos a atitude firme do Semeador”, como nos disse e testemunhou Dom António Ferreira Gomes!

Pe José Barros

© 2019 MCC - Diocese do Porto