Os processos de vida no “Movimento dos Cursilhos de Cristandade” são complexos e complementares, no Porto ou na América Latina.
Em Portugal, a experiência do fervor cristão respira o mesmo ar espiritual que a sociedade europeia: mais “partidos”, menos participação, ou mais prendas e menos Natal!
A complexidade mental do ser cristão receba luz do ser místicos para sermos mais ativos. Este renascer complexo juntar-se-á à complementaridade da unidade amável e essencial.
Os diferentes momentos do pré-cursilho, cursilho e pós-cursilho farão que os diferentes elementos do corpo eclesial se renovem para serem renovadores pelo que fazem viver no Homem Novo Jesus.
A conversão alegre e contínua a Cristo ressuscitado, agora, é um dos desafios a trilhar.
O II congresso nacional de 24 a 26 de abril ajudará o vigor evangélico, bondoso e saudável, que o Espírito de Cristo inspira.
Inscreva-se no congresso, participe no sábado, combine uma boleia para o domingo,… leia e ame, na Graça de Cristo Jesus.

Pe José Barros

Escreva um comentário

*

O seu endereço de email não será publicado.

© 2020 MCC - Diocese do Porto